TRANSLATE MY PAGE

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Peru: Cuzco

1 - Muralhas nos arredores de Cuzco
          O Peru é um país bastante exótico, conhecido pelas maravilhas da arquitetura Inca e pela deliciosa gastronomia. Também podemos destacar as praias e as ondas perfeitas, ideais para os surfistas com certa experiência.

          Antes de iniciarmos nas belezas do Peru, é importante repassarmos algumas adverências necessárias e que devem ser seguidas atentamente, principalmente pelos viajantes menos experientes. O país andino possui uma área de praias, onde fica localizada a sua capital - Lima, porém o resto do país é formado por áreas elevadas que compõem a exuberante paisagem andina. A cidade de Cuzco, por exemplo, fica a 3.360m acima do nível do mar, o que traz os graves problemas do "mal da altitude", cujas reações e suas intensidades variam a depender da pessoa. As reações são: tonturas, enjôos, dores de cabeça, sangramentos no nariz, cansaço e, em situação extrema, embolia pulmonar. Não há como fugir de seus efeitos. Cada um de nós acabaremos passando por eles, alguns, logicamente, sentirão menos, outros, sofrerão bastante. No meu caso, apesar de ser um homem saudável e jovem, passei 2 dias com dores de cabeça, um pouco de enjôo, porém não senti cansaço. O famoso chá de coca é indispensável, porém não pensem que é uma erva milagrosa, pois não me trouxe muitas melhoras. Os analgésicos, estes sim, foram mais eficientes. Normalmente, os efeitos da altitude duram de 1 a 3 dias, sendo necessária uma aclimatação, que normalmente consiste em logo na chegada tomar chá de coca e ir dormir por pelo menos umas 10 horas. Além disso, nada de passeios, comida pesada e sexo ao chegar à cidade. Apesar de seguir todas as dicas, infelizmente tive fortes dores de cabeça e somente no terceiro dia estava absolutamente curado.

Praça principal de Cuzco
           Apesar de tudo isso, conhecer o Peru é uma experiência única e deve ser realizada pelos viajantes. O importante, contudo, é seguir as advertências e aproveitar bastante a beleza natural e histórica do país andino.

          Para se chegar à Cuzco, o viajante deve ir até Lima, onde lá pegará um vôo de 2h até Cuzco. Não aconselho ir de carro, ônibus ou trem, pois a distância é muito longa e as estradas são perigosas. O povo peruano é muito acolhedor, educado e faz de tudo para agradar o visitante. Lembre-se que é um país extremamente pobre e que há muitos pedintes e vendedores de bugigangas nas ruas. Abra seu coração e aproveite para ajudar alguns deles.

Nascente do Rio Amazonas
           Ao visitar Cuzco, em razão das inúmeras opções de passeios, faz-se necessário permanecer por lá de 4 a 5 noites. Indico os passeios do Vale, visita à Machu Pichu e conhecer as belezas das ruínas incas dos arredores da cidade. O município de Cuzco, por sua vez, em razão de ser bem pequeno, basta um bom city tour com visitas a ruínas para o viajante conhecer as principais atrações. No mais, é só aproveitar os dias e as noites para passear sem destino pela cidade. Na praça central, onde fica a catedral, há diversos restaurantes, lojas e bares, e por toda a cidade fervilham boates e pubs para os baladeiros de plantão.
Vista belíssima do Vale
           Aos gourmandises, podem ter certeza, assim como a França, Itália e Espanha, o Peru é hoje um dos destinos gastronômicos mundiais mais importantes. Os peixes (Lima), as carnes, as caças, especiarias, as batatas e as comidas exóticas são apenas uma parte da alta gastronomia peruana, com destaque para o filé de alpaca e o porquinho-da-índia chamado de cuy, o meu preferido. Arrisque-se! Experimente!

          O custo de vida do país é baixo e os nossos reais valem muito por lá, contudo os peruanos vão tentar de todas as formas levar vantagem sobre os turistas, vendendo mercadorias ruins por altos preços e procurando enganá-los ao oferecer mercadoria como sendo de primeira qualidade, quando na verdade estão vendendo um péssimo produto. Não comprem produtos apresentados por vendedores ambulantes como sendo tecido puro de alpaca, pois são sintéticos, ou seja, pura imitação de lã de alpaca. Informe-se no hotel ou com o guia de viagem sobre as lojas que vendem produtos originais, pois posso garanti-los que é uma lã macia e ótima para o inverno.
         
Peruana típica
          Ao visitar o Peru, seja qual for sua preferência: a comida, as belezas naturais, a cultura ou a história. É o povo peruano que irá fazê-lo apaixonar-se pelo país. Lá o viajante sentir-se-á em casa, com todos os mimos e atenção de que tanto necessitamos quando estamos tão longe de nosso país. Então curta o Peru e aproveite a viagem!!!
Maior fortaleza Inca

12 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a idéia de fazer um blog sobre lugares interessantes para viajar. O conteúdo é objetivo, ilustrativo e bem esclarecedor. Ficarei acompanhando dicas de outros lugares. Parabéns

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Alena!!! Vou procurar sempre atualizar o blog. Conto com sua ajuda para sugestões.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. cuzco é linda!! nao pode tb deixar de tirar fotos com as crianças (elas cobram, claro) e comprar suas pulseirinhas, eu voltei com o braço cheio, rsrs.

    ResponderExcluir
  6. Pois é...A pobreza é uma triste realidade do povo peruano e isso se reflete no comércio informal. De qualquer forma, é sempre bom ajudar crianças carentes, independentemente da parte do mundo que esteja. Da próxima vez vc compra um pouco menos...rsrsrs..Bjoooo

    ResponderExcluir
  7. Hola, te escribo desde argentina, este mes viajo a cuzco y quisiera conocer M Pichu, en una forma bastante economica, ya que viviste esta esperiencia me podrias decir que precio tiene el tren a la ciudadela, la entrada a la misma, cuanto cuesta una comida en un restaurant de cuzco, y como es el sistema que te aconsejan pagar 130 soles para las excursiones, que estas pagando con eso???? desde ya muchas gracias
    Luciano

    ResponderExcluir
  8. Hola,Luciano!! Desculpe por responder en português.Bem, em Cuzco os restaurantes são baratos.Porém deverá fugir dos restaurantes localizados na praça da catedral,pois são mto caros.Por US$10 come-se bem por lá,em restaurantes longe das atracões do centro.Pode-se ir à Machu Picchu de trem ou de ônibus.De trem dura cerca de 2/3 horas e custa US$70 (ida e volta).A entrada na cidadela custa US$20.Eu sugiro que reserve um hostel ou um hotel barato em Aguas Calientes(US$10/20) e assim visite 2vezes Machu Pichu.Pode-se também contratar um tour em agencias turísticas em Cusco, com um custo médio de US$100 ou um pouco mais para trem+ingresso cidadela+guia.Pode-se reservar pela internet ou,melhor opção,ao chegar em Cuzco procurar uma agencia e comprar o tour.Lembre-se que os meses de Janeiro e fevereiro há muita chuva por lá,mas nada que vá atrapalhar sua viagem.Caso tenha outras duvidas ou não tenha conseguido alguma palavra ou expressão usada nesta resposta me pergunte que te explicarei melhor.Grande Abraço!!

    ResponderExcluir
  9. Boa noite André, meu nome é Larissa e também moro em Natal. Estava a procura de algo sobre Monterey/CA no google e acabei encontrando seu blog. Estou bem curiosa sobre a cidade. Tenho uma prima que mora lá, e outra prima indo pra lá amanhã, irá passar 3 meses estudando. Ficamos curiosas sobre cidades vizinhas a Monterey que tenham algo pra fazer, e alguns shoppings ou outlets.

    ResponderExcluir
  10. Prezada Larissa, Monterey é bem i teressante,porém o melhor são as atracões próximas:a própria baía,Carmel,Peble Beach,17-Miles-Drive.Vc tem nesta área diversão e beleza pra pelo menos uns 3 dias.Quanto a outlet e shopping,realmente não sei te dizer.Ah, um carro é muito importante,portanto alugue um pra curtir bem a região de Monterey.Abraços!!

    ResponderExcluir
  11. Cuzco é um vilarejo com charme e História de cidade grande. Eu adorei a cidade e lamentei não ter ficado mais tempo ja que cheguei e fui logo para Machu Picchu. Minha dica de Cuzco é ir jantar no restaurante CHICHA do chef Gaston Acurio. Simplesmente uma experiência gastronomica maravilhosa!
    abraços, juliana

    ResponderExcluir
  12. Olá, boa tarde. Bastante explicativo e de fácil entendimento seu texto, mas fiquei com uma dúvida.. Gostaria de saber se para visitar o Peru é necessário tomar alguma vacina, ou algo do tipo. Muito Obrigado!!

    ResponderExcluir